sexta-feira, 29 de junho de 2018

The Power, opinion / O Poder, opinião



 Ler em Português      Read in English

Olá!

Hoje venho falar-vos sobre um livro que ADOREI! É verdade, esta é a opinião de O Poder de Naomi Alderman. Obrigada à querida Saída de Emergência pelo envio deste livro.
Quando as raparigas ganham o poder de causar sofrimento e morte, quais serão as consequências? E se, um dia, as raparigas ganhassem subitamente o estranho poder de infligir dor excruciante e morte? De magoar, torturar e matar? Quando o mundo se depara com esse estranho fenómeno, a sociedade tal como a conhecemos desmorona e os papéis são invertidos. Ser mulher torna-se sinónimo de poder e força, ao passo que os homens passam a ter medo de andar na rua, sozinhos à noite. Ao narrar as histórias de várias protagonistas, de múltiplas origens e estatutos diferentes, Naomi Alderman constrói um romance extraordinário que explora os efeitos devastadores desta reviravolta da natureza, o seu impacto na sociedade e a forma como expõe as desigualdades do mundo contemporâneo.
Primeiro que tudo, gostei muito do facto de existirem várias personagens e, devido a isso, vários pontos de vista. Através desta característica é possível, ao leitor, observar como uma mudança destas afetava homens e mulheres, ricos e pobres.
O tema deste livro cativou-me imenso. Numa altura em que o Feminismo é muito discutido, este livro faz-nos refletir sobre o mundo em que vivemos. Adianto já que neste livro não se pretende definir o que é Feminismo, até pelo contrário. Acho que a intenção da autora era demonstrar o que aconteceria se os papéis da sociedade se invertessem e se a mulher fosse o sexo mais forte. Penso que a autora pretendia causar choque para que o leitor refletisse sobre o que o rodeia. 
Nos comentários do goodreads vi muitos homens a reclamar com o livro e com a ideia do mesmo. Meus caros, este livro vai muito além da ideia das mulheres serem mais poderosas que os homens e puderem electrocutarem os mesmos. Este livro pretende passar uma mensagem: Seria horrível se algumas mulheres andassem por aí a violar homens pois estas eram mais fortes e os homens não se conseguiram defender; Seria horrível as mulheres ocuparem os cargos mais importantes e imporem-se sobre os homens; Seria horrível se algumas mulheres se aproveitassem da posição política e privilegiada em que se encontram para abusarem sexualmente de outros. No entanto, esta é realidade que vivemos hoje em dia, mas com os papéis invertidos. Naomi, através deste livro, demonstra que numa sociedade em que não existe igualdade existirá sempre explorador e explorado. Existirá sempre injustiças e crimes. Sinto que a ideia principal é alertar para o facto de não ser correto um homem violar uma mulher ou só os homens terem oportunidade de ocupar os cargos mais importantes tal como não seria correto uma mulher violar um homem ou só as mulheres terem oportunidade de chegar aos cargos mais importantes.
Sem dúvida que foi um livro cativante e muito bem desenvolvido! Fez-me refletir ainda mais sobre esta sociedade e perceber que, se os papéis se invertessem, existiria na mesma pessoas a abusarem do seu poder.
Este livro, para mim, é um 4,4 em 5.

E tu, já ouviste falar deste livro? Quais são os teus pensamentos quanto a este tema?

2 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar do livro, mas a tua opinião é extraordinária e bem explícita, o que me fez ter mais vontade de o ler assim que possível.
    Obrigado :)

    ResponderEliminar
  2. Já tinha visto a capa e o título em muitas fotografias do IG, mas ainda não tinha tido curiosidade em saber mais sobre o livro. Depois de ler a review, vou adicioná-lo à minha lista de compras a fazer. Parece-me um ponto de vista interessante. Obrigada por partilhares :)

    ResponderEliminar