quinta-feira, 11 de maio de 2017

Memorial do Convento - resenha


 Hallo!


Hoje trago-vos a minha opinião atrasada do livro Memorial do Convento.
Já li outro livro deste autor! Podem ver a minha opinião aqui !



Ficha técnica: 
Título: Memorial do Convento
Autor: José Saramago
Nº de páginas: 400
Editora: Porto Editora

Sobre o autor...
"Autor de mais de 40 títulos, José Saramago nasceu em 1922, na aldeia de Azinhaga.
As noites passadas na biblioteca pública do Palácio Galveias, em Lisboa, foram fundamentais para a sua formação. «E foi aí, sem ajudas nem conselhos, apenas guiado pela curiosidade e pela vontade de aprender, que o meu gosto pela leitura se desenvolveu e apurou.» (...) Até 2010, ano da sua morte, a 18 de junho, em Lanzarote, José Saramago construiu uma obra incontornável na literatura portuguesa e universal, com títulos que vão de Memorial do Convento a Caim, passando por O Ano da Morte de Ricardo Reis, O Evangelho segundo Jesus Cristo, Ensaio sobre a Cegueira, Todos os Nomes ou A Viagem do Elefante, obras traduzidas em todo o mundo.
No ano de 2007 foi criada em Lisboa uma Fundação com o seu nome, que trabalha pela difusão da literatura, pela defesa dos direitos humanos e do meio ambiente, tomando como documento orientador a Declaração Universal dos Direitos Humanos."



Nesta obra temos 3 planos diferentes mas que se interligam:  A relação entre o rei D. João V e a rainha D. Maria, onde ambos anseiam por filhos e, devido a isso, surge a construção do Convento de Mafra, a grande paixão de Baltasar e Blimunda e o grande sonho do Padre Bartolomeu :construir uma máquina que voe, chamada passarola.

Confesso que esta leitura não foi nada fácil. Eu, que gosto imenso de ler, senti que, ao pegar no livro, estava a fazer um grande sacrifício e que estava prestes a ser torturada. Até considerei, diversas vezes, desistir de certas passagens.
Tenho de admitir que houveram partes do livro que me cativaram imenso, mas essas partes representaram 40 % do livro. SIM! Não tive prazer nenhum ao ler os outros 60 %. Uma das razões que posso apresentar para isto, é o facto de a leitura deste livro ser extremamente difícil; Para o entendermos, temos de estar com muito atenção e, por vezes, reler as mesmas passagens 2 ou 3 vezes.

 Agora que estou a analisar o livro em aula, consigo ver porquê que as professoras de português da minha escola gostam tanto dele. No entanto, se não for analisado ao pormenor e não for estudado torna-se maçador. Considero que este livro não está incluído naquela lista de "livros para me entreter, divertir e devorar em poucos dias". É, portanto, um livro cansativo e difícil

Nos 40 % do livro que gostei, admito que adorei a ironia e as descrições de coisas tão cruéis ou estúpidas que não nos deixavam indiferentes.

Por outro lado, considero que talvez eu é que ainda não tenho a maturidade suficiente para ler e adorar este livro. Desta forma, tenciono relê-lo um dia mais tarde, talvez fique admirada.

Se quiseres ler mais opiniões sobre este livro, podes clicar aqui  e ler a opinião da  Lia do blog http://euliaeleio.blogspot.pt !!!

With love,

Banal Girl


12 comentários:

  1. É com alguma vergonha que escrevo que nunca li nada deste autor.
    Mas não perdi a "fé".
    *-*

    ResponderEliminar
  2. Uma referência na nossa literatura mas que ainda não li.

    ResponderEliminar
  3. Vou ser sincera quando digo que já li e não gostei muito :/
    Mas também fui "obrigada" a ler na altura da escola. Talvez a maturidade que tenha hoje em dia me levasse a ver o livro de uma maneira diferente se o voltasse a ler.
    Beijinhos**
    Rose
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  4. Também partilho da mesma opinião, este livro torna-se cansativo e difícil de ler. Mas quem sabe, eu também maturidade para esta leitura :/
    A ironia e a forma que o autor critica os atos ou as pessoas no livro, foi uma das melhores partes!
    Adorei a resenha!

    Beijinhos!
    http://euliaeleio.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Também o tive de estudar na escola e na altura não o li como deveria. Um dia vou querer lê-lo com outra atenção, pois acho que vou gostar um pouco mais dele.

    ResponderEliminar
  6. Tenho um pouco de vergonha em confessar que nunca li... Tantos livros e tão pouco tempo...

    ResponderEliminar
  7. Adoro Saramago! Adorei este livro, foi o primeiro que li dele e a partir dai apaixonei-me. Ainda não li todas as suas obras, mas quase!

    ResponderEliminar
  8. É tal e qual a minha opinião. Tem uma história interessante mas o livro, no geral, é muito maçador. Fiz um esforço enorme para conseguir acabar (e também adoro ler). E a falta de pontuação, para mim, ainda o torna mais cansativo de ler.

    ResponderEliminar
  9. Tive que o ler para a escola! E adorei! Simplesmente maravilhoso ❤

    ResponderEliminar
  10. Não tive muitos problemas a ler a obra por mim mesma, mas não fiquei fã e gostei muito mais de analisar em aula. Concordo que pode ficar maçador se não for propriamente estudado :P

    - Marta, the book mermaid

    ResponderEliminar